Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| July 5, 2020

Scroll to top

Top

No Comments

Ei, sai pra rua, essa cidade é sua!


São Paulo, setembro de 2011 – Cerca de 500 pessoas se reuniram neste sábado, 24, na avenida Paulista, em São Paulo, para oMoving Planet. Diante do frio e da garoa que faziam na cidade, o grupo exigiu da Prefeitura a elaboração de um Plano Municipal de Mobilidade e Transportes Sustentáveis.

Em 2010, uma proposta de plano foi apresentada pela Rede Nossa São Paulo, em conjunto com diversas organizações, que solicitaram a inclusão do valor de R$ 15 milhões no orçamento municipal para a realização de estudos e debates necessários para a elaboração de um projeto estrutural para a cidade de São Paulo, visando o bem estar de todas as pessoas que circulam pela cidade por meio de um transporte público mais acessível, com ruas mais espaçosas para pedestres, cadeirantes e bicicletas, com mais espaço para as pessoas e menos carros particulares nas ruas, contemplando a mobilidade urbana como um todo.

“Queremos um plano de mobilidade que respeite todos os cidadãos, que contemple transporte de qualidade, com tarifa justa e durante as 24 horas do dia”, afirma Paula Collet, Coordenadora da 350.org no Brasil. “A Câmara dos Vereadores aprovou a verba necessária para a elaboração desse plano no orçamento de 2011, mas o ano está acabando e a prefeitura nem começou a sua elaboração”, revela. “Todos saímos, chegamos e vivemos a cidade. Precisamos de um plano que valorize a acessibilidade, por um trânsito que não seja competitivo e sim cooperativo. Afinal, todos estamos em trânsito”, completa.

Com o título de “A Cidade é Nossa: Passeata pelo Plano de Mobilidade Sustentável de São Paulo”, a marcha em São Paulo se concentrou no vão livre do MASP a partir das 15h. A pé, sobre bicicletas ou patins, equipados com potinhos para fazer bolhas de sabão, a manifestação seguiu ocupando duas faixas da Avenida Paulista até a Praça do Ciclista, junto à Avenida da Consolação, onde o grupo formou uma seta humana, representando uma direção alternativa ao uso dos combustíveis fósseis.

Em seguida, a ação se dirigiu pela Avenida da Consolação em direção à Matilha Cultural, espaço localizado na rua Rego Freitas, 542, onde os manifestantes foram recebidos em um happy hour musical com Guizado e Banda. O evento foi parte da programação do Setembro Verde, ocupação com programação multimídia, voltada aos principais conflitos sócio-ambientais brasileiros.

A manifestação, pacífica, marcou ainda o encerramento da semana da mobilidade, promovida pela Rede Nossa São Paulo – criada em 2007 para construir uma força política, social e econômica capaz de comprometer a sociedade a fim de oferecer melhor qualidade de vida para todos os habitantes da cidade.

Via: 350.org Brasil

Mais Fotos…

Submit a Comment

*