Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| September 22, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Rota Márcia Prado 2014

Webbikers

content_placa

PASSEIO CICLISTICO EM HOMENAGEM A MARCIA PRADO

O Instituto CicloBR organizará pela quinta vez a Rota Márcia Prado (RMP), no dia 14 de dezembro, domingo. O caminho cicloturístico é uma homenagem a ciclista Márcia Prado que faleceu em 2009, após ser atropelada por um motorista de ônibus na Avenida Paulista, em São Paulo.

O trajeto passa pelo extremo sul de São Paulo, no bairro do Grajaú, pela península do Bororé, com a travessia de duas balsas, corta o município de São Bernardo do Campo, acessa a Rodovia dos Imigrantes por poucos quilomentros, desce a Serra do Mar através do Núcleo Itutinga Pilões do Parque Estadual Serra do Mar e passa pela cidade de Cubatão até chegar ao destino final, a cidade de Santos, no litoral sul paulista.

Os ciclistas deverão chegar a entrada do Parque Estadual Serra do Mar até às 16h00, saindo de São Paulo às 07h00. Por conta da diversidade dos perfis de ciclistas que tem interesse em participar deste grande evento, que pedalam em ritmos diferentes, não existirá um único pelotão. As pessoas vão no ritmo que acharem mais confortável, apenas com preocupação de chegarem à entrada do Parque até o horário limite. O CicloBR disponibilizará voluntários ao longo do trajeto para prestar orientações e dicas aos ciclistas. Quem se dispor a fazer o trajeto neste dia deverá também obedecer às orientações dos voluntários para que tudo ocorra de forma pacifica e ordenada.

Por ser uma rota de cicloturismo com interesse em promover viagens e deslocamentos na região de bicicleta, movimento que une os ideais de sustentabilidade à geração de renda nas localidades por onde passa a rota, muitas delas bastante carentes, é de total interesse da sociedade e de diversos órgãos públicos, que a Rota Cicloturística Márcia Prado seja implementada em definitivo, conforme determinado pela Lei Municipal n° 15.094 / 2010.

Novidades:

A principal novidade deste ano é a mudança do trajeto no trecho de acesso a Rodovia dos Imigrantes. Com o apoio da Fundação Florestal, os ciclistas irão passar por um trecho de terra por trás da interligação e acessar a rodovia evitando conflito com veículos motorizados.

Além disso, foram criados dois caminhos alternativos para evitar as travessias das balsas na Península do Bororé. Em 2012, filas enormes foram criadas nas balsas, o que atrapalhou a vida dos moradores da região e dos ciclistas, gerando inúmeras reclamações. Em 2014, os participantes poderão evitar uma ou as duas balsas se optarem por pedalar pelo trajeto paralelo que está detalhado no mapa geral do passeio. O trajeto ficará um pouco maior, mas evitará filas.
http://www.ciclobr.org.br/noticias/rota-marcia-prado-2014

Submit a Comment

*