Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| September 22, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

‘Não gosto de dizer o que as pessoas têm que fazer’

David Byrne, ex-líder da banda Talking Heads, posou para a revista “Trip” em frente a uma bicicleta. Defensor da ideia de que este meio de transporte pode se tornar o símbolo de uma nova consciência urbana, David, que chegou a ser conhecido como o ativista da bicicleta, rejeita o título de ativista.

“Sou muito relutante em me considerar um ativista. Não gosto da ideia de dizer às outras pessoas o que elas devem fazer das suas vidas. Eu me sinto mais confortável contando às pessoas o que eu fiz da minha, como as coisas funcionaram ou não para mim, o que eu vi e aprendi”.

O advento da bicicleta na vida do músico se deu por acaso. “Começou como um experimento. Fui visitar meus pais, olhei para a minha bicicleta velha e pensei: ‘Por que não levá-la para Nova York?’”, contou David, que apontou Hong Kong como o pior local para andar de bike. “A pior cidade para andar de bicicleta até agora foi Hong Kong. Não há um sentido de vida comunitária. É tudo uma questão de fazer dinheiro. É muito mais interessante quando você é surpreendido por cidades como Roma ou Istambul, que podem ser exploradas de forma relativamente fácil, mas onde não há ninguém mais andando de bicicleta.”

 

14/07/2011 – fonte: http://ego.globo.com/

Submit a Comment

*