Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| October 20, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Brasil fecha equipe olímpica do ciclismo com 9 atletas

Via: Diario do Gde ABC

O ciclismo brasileiro será representado por uma delegação recorde nos Jogos de Londres. Com o fechamento do ranking feminino olímpico do ciclismo de estrada, o País garantiu mais três vagas na Olimpíada e será representado por nove atletas em Londres na modalidade.

Nos Jogos deste ano, serão seis atletas em provas de estrada, dois no bicicross – Renato Rezende e Squel Stein – e um no mountain bike – Rubens Donizete. Como as vagas são destinadas ao País, os representantes brasileiros, sendo três por gênero, nas provas de estrada ainda estão indefinidos.

A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) será a responsável pela escolha. “No ciclismo de estrada feminino, acredito que não terá surpresa. Serão Clemilda Fernandes, Janildes Fernandes e Fernanda da Silva. Só fica faltando no masculino, em que a CBC está analisando o desempenho dos atletas”, disse José Luiz Vasconcelos, presidente da entidade.

Das quatro categorias do ciclismo, o Brasil só não conseguiu classificação para a disputa do ciclismo de pista. Vasconcelos, porém, promete realizar investimentos para conquistar bom resultados nesta modalidade na Olimpíada de 2016.

“Estamos nos relacionando com a confederação francesa e iremos contratar o melhor técnico francês de velocidade, para preparar os nossos atletas desde já, visando 2016″, afirmou o dirigente, que mostrou satisfação com nas nove vagas em Londres obtidas pelo Brasil.

“Hoje existem 240 países que disputam competições em pé de igualdade. No ciclismo de estrada só as primeiras 23 nações conseguem levar seus representantes para os Jogos Olímpicos. A dificuldade se estende ao bicicross e ao mountain bike, que têm mais de 15 mil filiados no mundo e só participam das Olimpíadas 48 atletas. A classificação olímpica é praticamente uma medalha”, comentou.

Submit a Comment

*