Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| October 19, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

10 motivos para adotar uma bike

Quer motivos para apostar nas pedaladas nas ruas?

Reportagem: Caroline Sarmento (Revista Corpo a Corpo)

bike-10motivos
10 motivos para investir na bike e largar de vez o sedentarismo Foto: Danilo Borges

Que tal desencanar um pouco da bicicleta ergométrica e trocar o carro pelo menos um dia pela bike? Veja 10 motivos para sair pedalando por aí:

1. Melhora a saúde

Segundo o professor Kleber Franco, da Academia Competition (SP), andar de bicicleta melhora o condicionamento cardiovascular, fortalecer as articulações, músculos dos membros inferiores, músculos do ombro, braço, antebraço, abdominais e extensores de coluna. “A modalidade contribui para melhorar a circulação do sangue no corpo, regula os batimentos cardíacos e contribui para um coração saudável”, explica.

2. Tonifica as curvas

Para quem quer trabalhar quadríceps (musculatura posterior de coxa), panturrilha, glúteos, abdômen ou extensores de coluna, este é o esporte certo. “Quando pedalamos em rampas, estes músculos são mais solicitados, principalmente os glúteos”, completa Franco.

3. Engrossa as pernas

Segundo Franco, é possível sim engrossar a pernas andando de bicicleta, mas isso depende da carga que se aplica durante a pedalada. “Aumentando a resistência no pedal, consequentemente aumentamos o esforço e teremos um tônus muscular maior”, explica Franco.

4. Ajuda a emagrecer

Andar de bicicleta também pode ajudar na batalha contra a balança. “Como é considerada uma atividade aeróbica,  se a pessoa andar, em média, 1h por dia e associar uma alimentação saudável, com certeza essa  terá a redução de peso”, explica Franco.

5. Vá ao trabalho pedalando

Se a pessoa não morar muito longe, pode ir trabalhar pedalando. “Escolha uma bike adequada para o seu tipo físico e necessidades principais.Também se lembre de ter sempre por perto um bom cadeado para prender a bicicleta em locais públicos e estacionamentos privados”, alerta Fernanda Machado, membro do coletivoCRU, união colaborativa de ações urbano-artísticas ligadas ou não à bike.

6. Bike e metrô combinam

“Em São Paulo, alguns metrôs possuem estacionamento para bikes, facilitando assim o usuário de pedalar, estacionar e depois seguir seu caminho pelo metrô ou ônibus. O metrô também permite o transporte da bike em suas estações em todos os dias da semana, em horários determinados”, afirma a designer.

7. Andar de bike é mais barato

Andar de bicicleta pode ser até seis vezes  mais econômico do que andar de carro e três vezes mais barato que o  ônibus, segundo a conclusão do  engenheiro Marcelo Daniel Coelho do Coppe (Instituto Alberto Luiz  Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade  Federal do Rio de Janeiro). Os gastos com a bike são mínimos e dá para economizar no estacionamento, mecânico, etc.

9. Sensação de liberdade

Ir e vir de bicicleta não prende a pessoa com cintos, muito menos em trânsitos quilométricos. É possível só dar uma voltinha na praça, como também atravessar a cidade e conhecer pessoas novas. “Viver na cultura de bike como transporte faz a pessoa mais livre, independente de carro, ônibus, taxi, etc. Quem pedala todos os dia um pouco, nem que seja pequenas distâncias, está sempre bem disposta, com energia renovada. Por ser quase uma extensão do corpo, a bike humaniza as pessoas e faz com que elas enxerguem os próprios limites. Assim, acabam respeitando mais os limites das outras pessoas”, completa Fernanda .

10. Permite conhecer novos lugares e pessoas

Apostar nas pedaladas permite conhecer novos lugares e pessoas. É possível aproveitar uma volta na praça, assim como se arriscar a uma nova aventura na cidade. A dica pra quem quer começar, é apostar nos grupos de bike. Que tal?

 

Submit a Comment

*