Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| October 19, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Bicicletas, cultura e atividades ao ar livre em Portland, nos EUA

Alguns dias atrás fizemos um post sobre o projeto bem sucedido de mobilidade urbana em Portland. Hoje postamos um guia para você aproveitar a cidade.

Via: Viagem Uol

Com sua célebre cultura de bicicletas e obsessão por tudo o que é artesanal e independente, Portland é uma metrópole em pequena escala com uma enorme pegada cultural. Espalhada pelas duas margens do Rio Willamette, este eixo provincial da Costa Noroeste tem mais do que sua cota de beleza natural e uma reputação de gosto por atividades ao ar livre. Mas nos últimos anos, a cidade do Oregon despontou como capital do ‘cool’ urbano da Costa Oeste, que lhe rendeu uma série de TV, ‘Portlandia’, dedicada a satirizar sua estética e sua inclinação social progressista. De fato, é fácil rir de Portland – cujos apelidos incluem Beervana (nirvana da cerveja) e Soccer City, USA (Cidade do Futebol, EUA). Mas também é uma cidade difícil de resistir.

Junte-se ao pessoal do entardecer nos Skidmore Bluffs, uma área verde na encosta, acima dos pátios ferroviários industriais às margens do Rio Willamette, em Portland, nos EUALeah Nash/The New York Times

Sexta-feira

16h – Japonês, por favor
Adornando a encosta acima dos Jardins das Rosas, o Jardim Japonês de 2,2 hectares (611 Southwest Kingston Avenue; 503-223-1321; japanesegarden.com; US$ 9,50) é menos lotado do que seu vizinho fotogênico. Em vez de cheio de pessoas, esse canto elegante dos 160 hectares do Parque Washington conta com cinco jardins distintos – ‘composições’ projetadas artisticamente de areia, pedra, água, flores e folhagem – com vistas do Monte Hood.

18h – Pequenos pratos
Continue sua tarde com temática japonesa com um happy hour com saquê ou shochu em um dos muitos izakayas de Portland, os bares ao estilo japonês que servem pequenos pratos para acompanhar as bebidas. O Biwa (215 Southeast Ninth Avenue; 503-239-8830;biwarestaurant.com) é um porão à meia-luz com música alta, paredes de concreto e uma clientela fanática. O Miho (4057 North Interstate Avenue; 503-719-6152; mihopdx.com), com dois anos, em uma casa estilo Artes e Ofícios na zona norte residencial, é menos taciturno, com um pátio e pequenos pratos com preços subindo em números pares (US$ 2, US$ 4, US$ 6 e assim por diante). Aberto em fevereiro, o Mirakutei (536 East Burnside Street; 503-467-7501) é o mais recente ponto no mapa dos izakayas, servindo entradas delicadas como ostras Quilcene com sorbet de gengibre (US$ 5) e uma rodada de degustação de três saquês por US$ 9.

20h30 – Moluscos e siris
Situado em uma pequena loja em um bairro de gramados bem aparados e beer gardens alemães, o Cabezon (5200 Northeast Sacramento Street; 503-284-6617;cabezonrestaurant.com) tem o ar não afetado de um restaurante de cidade pequena. Uma peixaria de dia, um bistrô de peixes e frutos do mar à noite, o lugar tem uma sofisticação fácil; a única distração fora a comida – um cardápio sazonal de pratos recém-pescados de mexilhões Totten Inlet com feijão rajado, chouriço, batatas fritas e molho rouille (US$ 13,50), e um ensopado de siri (US$ 20,50) – são as esculturas coloridas de vidro com tentáculos que estão penduradas acima do bar, como uma medusa psicodélica.

23h – Festa na funerária
Após o jantar, siga para o bairro retrô de Sellwood-Westmoreland. Faça compras de objetos decorativos no Stars Antiques Mall (7027 Southeast Milwaukie Avenue; 503-235-5990; starsantique.com) ou tome drinques de gelatina no Cosmo Lounge (6707 Southeast Milwaukie Avenue; 503-233-4220). Para um drinque menos kitsch, vá ao sótão do Corkscrew Wine Bar (1665 Southeast Bybee Boulevard; 503-239-9463). Então ouça música ao vivo no Woods (6637 Southeast Milwaukie Avenue; 503-890-0408;thewoodsportland.com), uma antiga funerária em um prédio de 1929 ao estilo Missão, com candelabros espalhafatosos e um lounge art nouveau. Aberto em 2009, este espaço de 280 metros quadrados atrai músicos, DJs e artistas de todo o país. Nas noites sem apresentações, há karaokê, humor e exibição de filmes.

Leah Nash/The New York TimesO Mount Tabor é um parque com quadras esportivas, reservatório aberto e uma estátua do ex-editor do jornal ‘Oregonian’, em Portland

Sábado

9h30 – Café da manhã nórdico
Chegue cedo ao perpetuamente lotado ponto de brunch escandinavo Broder (2508 Southeast Clinton Street; 503-736-3333;broderpdx.com), que serve pratos atípicos como lefsa (um crepe fino de batata) recheado com queijo de leite de cabra (US$ 9) e Pytt I Panna, que é um picadinho sueco com truta defumada (US$11). Depois, caminhe pelo Mount Tabor Park (ruas Southeast 60th e Salmon;portlandonline.com), um cone de escória coberto de floresta, com quadras esportivas, reservatório aberto e uma estátua do ex-editor do jornal ‘Oregonian’ de autoria de Gutzon Borglum, o escultor dos presidentes em granito no Monte Rushmore.

12h – Artes e Ofícios
O 811 East Burnside Building abriga uma série de butiques, como a Redux (No. 110; 503-231-7336;reduxpdx.com), semelhante ao Etsy, com produtos de aproximadamente 300 artistas, incluindo molduras feitas de pedaços reciclados de bicicletas; a loja e galeria Nationale (No. 112; 503-477-9786; thenewnationale.com); e a Sword + Fern (No. 114; 503-683-3376;swordandfern.com), lar de arte feita por forasteiros, utensílios domésticos artesanais e curiosidades antigas. Atravesse a Ponte Burnside até o Pearl District e o Museum of Contemporary Craft (724 Northwest Davis Street; 503-223-2654;museumofcontemporarycraft.org; US$ 3), com um acervo de quase 1.000 obras em argila, fibra, vidro, metal e madeira.

14h – Vale a pena a espera
Não se intimide com a fila na taqueria ¿Por Que No? (3524 North Mississippi Avenue; 503-467-4149; porquenotacos.com). A recompensa será uma mesa na calçada à sombra de um guarda-sol, bandeirinhas de papel coloridas penduradas entre as vigas, tacos de peixe (US$ 3,50) e horchata borracha (leite de arroz com rum, US$ 6).

16h – Visita às cervejarias
Inicia sua visita às cervejarias em um táxi-triciclo (Rose Pedals Pedicabs; 503-421-7433;rosepedals.com; US$ 60 por hora, uma ou duas pessoas) com uma degustação de cerveja amarga na Cascade Brewing Barrel House (939 Southeast Belmont Street; 503-265-8603;cascadebrewingbarrelhouse.com). Em seguida, para na sala de degustação da Upright Brewing (240 North Broadway, No. 2; 503-735-5337; uprightbrewing.com) antes de tomar a ‘ciclovia’ North Williams até o novíssimo Hopworks Bikebar (3947 North Williams Avenue; 503-287-6258; hopworksbeer.com). Aberto em junho, o bar de cerveja orgânica centrado em bicicletas conta com 75 vagas de estacionamento para bicicletas, ferramentas para bicicletas e bicicletas ergométricas geradoras de energia. Para passeios sóbrios, a Rose Pedals também oferece passeios pelas margens do Willamette.

18h30 – Acrescente um pássaro
Junte-se ao pessoal do entardecer nos Skidmore Bluffs (também conhecida como Mocks Crest Property, 2206 North Skidmore Terrace), uma área verde na encosta, acima dos pátios ferroviários industriais às margens do Rio Willamette. Em noites quentes, grupos de pessoas na faixa dos 20 e 30 anos abrem toalhas de piquenique e assistem o sol se por atrás das West Hills. Para o jantar, sente-se na mesa comunal no Le Pigeon (738 East Burnside Street; 503-546-8796; lepigeon.com), o principal restaurante do chef Gabriel Rucker. Rucker, que foi recém nomeado Chef do Ano pela Fundação James Beard, serve pratos ‘nose-to-tail’ (do focinho ao rabo) de influência francesa, como bife bourguignon de bochecha (US$ 22) e pâncreas de vitela com pudim de pão (US$ 26), preparados em uma cozinha aberta hiperativa. Fazer reserva é uma boa ideia. Se não conseguir entrar, experimente o recém-aberto Little Bird Bistro (219 Southwest Sixth Avenue; 503-688-5952;littlebirdbistro.com) de Rucker.

21h – Cortinas
Para a sobremesa, suba a rua para uma bola de sorvete de caramelo salgado no Lovely’s Fifty-Fifty (4039 North Mississippi Avenue, No. 101; 503-281-4060; lovelysfiftyfifty.com). Ou pule a sobremesa e atravesse a cortina preta de uma fachada discreta na Cidade Velha, e sente-se em um banco no Central (220 Southwest Ankeny Street; sem telefone), um novo bar com cabeça de alce na parede, um moinho de vento convertido em ventilador de teto e um barman que prepara os drinques com o cuidado de fabricante de móveis perfeccionista. Para uma noite tranquila, assista a um sucesso 3D ou um filme independente nos elegantes e modernos Living Room Theaters (341 Southwest 10th Avenue; 971-222-2010;pdx.livingroomtheaters.com), onde você encontrará um bar completo e assentos confortáveis.

Leah Nash/The New York TimesO Hopworks Bikebar é um bar de cerveja orgânica centrado em bicicletas conta com 75 vagas de estacionamento para bicicletas, ferramentas para bicicletas e bicicletas ergométricas geradoras de energia, em Portland, nos EUA

Domingo

10h – Luditas adoráveis
O primeiro restaurante de Ben Meyer, o adorado bistrô com lareira Ned Ludd, compartilha seu nome com o operário têxtil que inspirou o movimento ludita antitecnologia. Com seu vistoso novo restaurante na zona norte, Grain & Gristle (1473 Northeast Prescott Street; 503-298-5007; grainandgristle.com), aberto em dezembro, Meyer encontrou outro espaço para sua culinária artesanal e estética rústica. No brunch, procure pelo filé de salmão feito em casa em um pretzel suave caseiro (US$ 8) ou as beignets com bacon e calda de caramelo (US$ 3) no quadro de especiais que muda sempre.

12h – Dos trilhos para as trilhas
Tome a Rodovia 26 até Banks, onde você pode alugar uma bicicleta na Banks Bicycle Repair & Rental (14175 Northwest Sellers Road; 503-680-3269; a partir de US$ 8 por hora) e pedalar pela resposta rural de Portland à High Line de Nova York – a Trilha de Bicicleta Banks-Vernonia (oregonstateparks.org), uma rota de 32 quilômetros sobre antigos trilhos de trem. Concluída em outubro de 2010, a trilha passa por duas pontes de cavaletes de 24 metros de altura, terras agrícolas, florestas, sobe morros e passa pelo Parque Estadual Stub Stewart de 690 hectares, onde há área coberta para piqueniques e dezenas de trilhas.

O básico

O Crystal Hotel & Ballroom (303 Southwest 12th Avenue; 503-972-2670; mcmenamins.com; a partir de US$ 85) tem 51 quartos – cada um inspirado por uma apresentação realizada nos 100 anos de história do Crystal Ballroom – uma piscina e localização quase imbatível.

O segundo Ace Hotel (1022 Southwest Stark Street; 503-228-2277; acehotel.com) a abrir no país, a filial de Portland desta rede badalada de hotéis tem 79 quartos (a partir de US$ 95), móveis reciclados, produtos de banho Malin+Goetz e empréstimo gratuito de bicicletas. Ao lado do saguão fica o Stumptown e a ‘taverna ao estilo europeu’ Clyde Common.

Tradução: George El Khouri Andolfato

Submit a Comment

*